Home Notícias Suspeito de matar policial militar em Salvador vivia com documento falso em Aracaju

Suspeito de matar policial militar em Salvador vivia com documento falso em Aracaju

2 min read
0
0
250

O homem suspeito de matar o subtenente da polícia militar, Fabiano Fortuna da Silva, de 40 anos, no estacionamento do shopping Paralela, em Salvador, durante uma tentativa de assalto, foi apresentado pela polícia nesta sexta-feira (15).

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública (SSP-BA), o homem conhecido como “Chapão” é o 10 de Copas do Baralho do Crime da SSP e estava vivendo em Aracaju, capital de Sergipe, com documentos falsos.

Ainda de acordo com a SSP, além de Chapão, outros três homens são acusados de participar do crime, que aconteceu em setembro de 2017. Dois deles já foram julgados e condenados a 29 anos de prisão pela morte do PM. O quarto suspeito, que seria responsável pelo tiro que matou o subtenente, está foragido e, conforme a SSP, é o 8 de Ouros do Baralho do Crime.

Em depoimento, Chapão e os dois condenados contaram que estavam no banco procurando uma vítima que realizasse saque diferenciado de dinheiro. Disseram ainda que não sabiam que se tratava de um policial.

Na época do crime, a mãe de Fabiano contou em entrevista à TV Bahia, que o filho tinha ido ao shopping fazer compras para o apartamento que havia acabado de comprar. “Ele estava agilizando as coisas para comprar, para ajeitar o apartamentozinho dele. Foi comprar alguma coisa no shopping para depois voltar para o apartamento. Mas, infelizmente, não deram essa oportunidade”, declarou Adelaide Fortuna.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Entre os dias 8 e 17 de janeiro, os soteropolitanos vão celebrar uma das maiores festas re…