Home Bahia Suspeito de envolvimento na morte de esposa de PM morre em confronto com a polícia

Suspeito de envolvimento na morte de esposa de PM morre em confronto com a polícia

4 min read
0
0
181

Um dos suspeitos de envolvimento na morte da esposa de um policial militar morreu, na noite deste sábado (4), em Tanquinho, no interior da Bahia. O homem teria participação na ação que baleu o tenente da PM Fábio Emanuel Oliveira dos Santos e matou a esposa dele, Ana Carla dos Santos Leite, 28 anos, em Feira de Santana, localizado a 108 km de Salvador.O delegado Roberto Leal, coordenador regional de Polícia Civil em Feira de Santana (1ª Coorpin), confirmou a morte do suspeito.

Mais cedo, o delegado afirmou que um adolescente foi apreendido na sexta, também suspeito de envolvimento no caso. Segundo Leal, a polícia está tratando o menor como suspeito, mas “não temos comprovação ainda de que ele participou”.

Com o adolescente foram apreendidas uma arma e drogas, no bairro São João, onde ele mora na sexta-feira (3). O suspeito foi encaminhado para o CASE Melo Matos.  “Ele negou a participação no caso, e agora a gente vai submeter esta arma a uma micro comparação com o projétil que foi retirado da vítima para saber se realmente foi esta arma utilizada”, afirmou Leal.

O crime ocorreu no bairro Caseb, na noite de quinta-feira. O casal caminhava em direção ao carro do tenente, quando foi abordado por dois homens armados. O policial reagiu e houve troca de tiros. Feridos, Fabiano e Ana Carla foram socorridos para um hospital da cidade, onde a mulher morreu.

Imagens de câmera de segurança do local do crime mostram que quatro assaltantes chegaram num veículo Corsa Sedan. Dois ficaram dentro do carro e os outros abordaram o casal. Depois da ação, os criminosos fugiram no veículo sem levar nada das vítimas.

As imagens foram divulgadas pela polícia na sexta e, segundo o delegado, está ajudando na elucidação do crime: “Hoje foram feitas várias diligências. Agora mesmo está sendo feito uma na cidade de Tanquinho, após recebermos a informação de que um comparsa (do adolescente), que teria participado estaria lá. Depois da divulgação, várias e várias informações chegaram. A gente está filtrando tudo e a investigação está seguindo. O pessoal da PM está agora na cidade de Tanquinho”.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Bonfim ganha monumento pelo fim da intolerância religiosa

O monumento foi instalado em frente à Basílica, e cada letra tem 1,20 metro de altura e 27…