Home Destaques do Dia Os shoppings voltaram hoje ao funcionamento

Os shoppings voltaram hoje ao funcionamento

8 min read
0
0
31

Após 124 dias fechados, os shoppings de Salvador puderam reabrir, com restrições. O anúncio foi feito pelo prefeito ACM Neto, ontem à tarde, através de coletiva virtual. A decisão foi tomada após a capital permanecer, pelo período de cinco dias, com a taxa de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), em 75% ou abaixo, dando início à primeira fase do plano de retomada econômica, que autoriza ainda, atividades em templos religiosos, eventos em drive-in e lojas do comércio de rua, com área superior a 200m².

Na tarde desta terça, a taxa de ocupação registrada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) foi de 73%, possibilitando a assinatura do decreto, pelo prefeito, que permitiu a retomada de parte das atividades econômicas na capital.  Nos dias anteriores, os índices marcaram 75% no domingo, se manteve em 75% na segunda-feira, caiu para 74% na terça-feira, e se manteve em 74% na quarta-feira.

“Tínhamos estabelecido no protocolo de reabertura que a Fase 1 deveria ter pelo menos cinco dias com uma taxa menor ou igual a 75%. Hoje tem 73%. Dessa forma, completamos cinco dias consecutivos com ocupação de leitos igual ou inferior ao índice necessário. O que eu considero uma grande vitória, um grande feito, que permitirá o início da primeira fase”, comemorou ACM Neto.

Durante a coletiva, foram apresentados outros dados que colaboraram com a retomada das atividades econômicas, a exemplo da redução de novos casos na capital baiana. Segundo dados da SMS, Salvador registrou recuos de 24%, 51% e 61% nas últimas três semanas. Já os números relacionados a óbitos, apresentaram redução de 1%, 23%, 27% e 17%, nas últimas quatro semanas, respectivamente.

Outro fator que contribuiu com a retomada, foi a ampliação da quantidade de leitos de UTI em Salvador. “Esforço conjunto entre prefeitura e governo do Estado. Ambos não pouparam esforços e energia para oferecer novos leitos de UTI”, destacou ACM Neto.

Segundo o prefeito, apenas mediante esforços municipais, Salvador conta com 217 leitos, sendo que 33 devem ser incorporados até a 1° quinzena de agosto, totalizando 250 leitos, meta estabelecida pelo gestor no início da pandemia. Já quando contabilizado os leitos ofertados pelo governo do Estado, Salvador possui 667.

Com a reabertura das atividades, os shoppings centers da capital, assim como centros comerciais e assemelhados, terão que cumprir medidas como o horário restrito de funcionamento, que será de segunda-feira a sábado, das 12h às 20h.

Entre as indicações, destacam-se ainda, a capacidade máxima de ocupação, que será de uma pessoa a cada 9 metros quadrados de área total do empreendimento e, dentro das lojas, de uma pessoa a cada 5m² da área de cada loja, entre outras recomendações.

Fiscalização

Segundo o prefeito, com o início das retomadas, o processo de fiscalização irá averiguar se os ambientes autorizados estão cumprindo corretamente às medidas. De acordo com ele, caso a taxa de ocupação dos leitos ultrapasse a marca de 80%, as atividades serão suspensas novamente.

“Vamos fiscalizar a reabertura dos shoppings e dos estabelecimentos comerciais e as igrejas, porque os protocolos foram apresentados com antecedência e eles nos ajudaram a construir. Cedemos a apelos dos comerciantes e empresários, mas se cada um não fizer sua parte, corre o risco de abrir e depois a taxa voltar a crescer, e se ela passar de 80%, tem que fechar de novo. Não quero nem pensar nisso. Confio no trabalho que fizemos até aqui”, contou o gestor municipal.

Já o comércio de rua, em lojas acima de 200 metros quadrados, terá seu funcionamento de segunda à sexta, das 10h às 16h. Estes ambientes devem observar ainda, a limitação de uma pessoa a cada nove metros quadrados, o estacionamento restrito a 50% da capacidade para aqueles com mais de 10 vagas, além de outras medidas.

Em templos e igrejas, entre segunda e sábado, o funcionamento será das 10h às 20h, sem restrição de horários aos domingos. Nestes locais, deverá ser observado ainda, a capacidade de 20% do salão ou 50 pessoas.

Nas atividades que envolvem o sistema de Drive-in, só serão autorizados eventos com autorização prévia do poder público municipal, respeitando a lotação do estacionamento com no mínimo 1,5 metro de distância entre os automóveis, realizando a venda de ingressos exclusivamente online, assim como a comercialização de alimentos e a entrega nos carros, realizando o controle do uso de banheiros através de fila virtual.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaques do Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Drogas por Sedex. Esquema de tráfico é desmontado no sudoeste do Estado

Um esquema de recebimento de drogas através do serviço de Sedex dos Correios foi desmontad…