Home Notícias Oposição apresenta requerimento para que governo aponte investimentos na Segurança Pública

Oposição apresenta requerimento para que governo aponte investimentos na Segurança Pública

4 min read
0
0
153

O governo do estado apresentou, nesta terça-feira (20), o balanço fiscal do último quadrimestre de 2017, na Assembleia Legislativa da Bahia. A bancada de oposição apresentou um requerimento solicitando informações da aplicação de investimentos na área da Segurança Pública. Em conversa com o BNews, o líder da oposição, Luciano Ribeiro (DEM) cobrou ainda reajuste dos servidores públicos e criticou direcionamento de mais de 50% dos investimentos apenas para a capital baiana.

O governo aprovou uma operação de crédito com o Banco do Brasil em 2013, no valor de R$ 1,250 bilhão, sendo R$526 milhões para a segurança pública. Segundo a oposição, do valor alocado, até 2017 foram realizadas despesas no montante de R$279 milhões, havendo portanto esse saldo a realizar de R$246 milhões. “Em 2013 houve um empréstimo para o governo do estado, sendo que R$526 milhões seria para segurança pública. Nós identificamos apenas metade desse valor. Se houve não consta no relatório. Apresentamos requerimento para que mostre se esse recurso foi feito ou se foi em outra área. Ou se está no cofre do estado”, cobrou.

O líder questionou ainda o reajuste dos servidores. Segundo ele, há quatro anos não há aumento para os funcionários públicos. “A saúde financeira do estado me parece que está sendo feita ao custo dos servidores públicos porque estamos há quatro anos sem reajuste dos servidores embora esteja muito longe do limite prudencial, inclusive todos os servidores de nível médio, no estado, hoje seu salário básico é abaixo do salário mínimo”, apontou o demista.

Sobre Salvador, o demista criticou o direcionamento dos recursos, considerando ato político. “É lamentável que o investimento que o estado fez em 2017, mais de 50% foi em Salvador, sendo que temos 417 municípios. Há uma predileção do governo aqui para Salvador até por ser governada por ACM Neto”.

O ex-presidente da Comissão de Finanças da Casa, Alex Lima (sem partido) acompanhou a audiência pública e afirmou que o estado está no caminho certo. “Segundo lugar em volume de investimentos entre os estados brasileiros nos últimos anos, com R$ 2,48 bilhões aplicados em 2017 em obras e ações que beneficiam diretamente a população, a Bahia também está no grupo dos menos endividados do país. Isso é reflexo da capacidade de gerenciamento do governador @ruicostaoficial e da competência do secretário titular da pasta, Manoel Vitório”, escreveu nas redes sociais

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Taxista e passageiro são mortos a tiros no bairro da Calçada

Um taxista e um passageiro foram mortos a tiros na noite da quarta-feira (21) na Calçada. …