Home Destaques do Dia Moradores de áreas do Carnaval devem cadastrar veículos pela internet

Moradores de áreas do Carnaval devem cadastrar veículos pela internet

4 min read
0
0
210

Os moradores das zonas de restrição de circulação de automóveis no perímetro do Carnaval tem até o dia 31 de outubro para fazer o cadastro das placas de seus carros. O credenciamento está disponível no site da Transalvador.

Para a festa do próximo ano, os adesivos vão conter um dispositivo (tag) que irá identificar os veículos, o imóvel ao qual pertence e a zona de restrição. O sistema de fiscalização verificará eletronicamente se a placa registrada no adesivo coincide com a do veículo.

A Transalvador já iniciou o envio de cartas para mais de 30 mil residências que ficam nas zonas de restrição informando sobre as mudanças no procedimento para o receber os adesivos e informando todo passo a passo para a realização do cadastro das placas.

Cadastro

Assim como nos anos anteriores, cada imóvel terá direito a até dois adesivos. Para cadastrar as placas, o proprietário do imóvel ou o inquilino deverá informar os números do IPTU, CPF/CNPJ e o endereço de e-mail. O número do CPF informado deverá ser o do proprietário do imóvel.

Até o dia 31 de outubro todos poderão efetuar mudanças nas placas dos veículos. Após esta data, o procedimento só poderá ser realizado em um dos postos de atendimento da Transalvador, mediante a troca do adesivo e apresentação do documento do novo veículo (CRLV).

Quem perder o prazo, terá que retirar as credenciais nos postos de atendimento. O posto da Transalvador, nos Barris, funcionará a partir do dia 4 de novembro de 2019 até a terça feira do Carnaval. O balcão do Shopping Barra atenderá a partir do dia 3 de dezembro de 2019 até o dia 18 de fevereiro de 2020.

Zonas de restrição

Como em anos anteriores, o Carnaval de 2020 contará com cinco grandes áreas de restrição de circulação de veículos. Essas regiões serão subdivididas num total de 12 subáreas. As credenciais são específicas para cada um dos 12 locais. Os veículos que não possuírem a devida liberação para circulação ou que acessarem outra subzona que não a de sua residência serão autuados.

A multa para quem transitar em local e horário não permitido pela regulamentação é de R$ 130,16. Essa é uma infração de natureza média, prevista no art. 187, inciso I, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). O infrator está sujeito ainda a 4 pontos na CNH.

Como em anos anteriores, o Carnaval de 2020 contará com cinco grandes áreas de restrição de circulação de veículos
Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaques do Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Entre os dias 8 e 17 de janeiro, os soteropolitanos vão celebrar uma das maiores festas re…