Home Economia Mais uma vez o povo se aglomera pra receber o auxilio emergencial.

Mais uma vez o povo se aglomera pra receber o auxilio emergencial.

3 min read
0
0
16

Uma grande fila foi formada na agência da Caixa Econômica Federal do bairro de Pirajá, em Salvador, na manhã desta terça-feira (21), com pessoas em busca do saque do auxílio emergencial de R$ 600 do governo federal.

Nesta terça-feira, a Caixa paga a quarta parcela a 1,9 milhão de beneficiários do Bolsa Família com NIS final 2. Os pagamentos para esse grupo são feitos da mesma forma que o programa. [Confira calendário ao final da matéria]

Para os demais beneficiários do Auxílio Emergencial, a quarta parcela começa a ser paga na quarta-feira (22). A data é para aqueles que estavam no Cadastro Único, e para os inscritos por meio do aplicativo e do site que receberam a primeira parcela até 30 de abril.

Os demais aprovados também recebem a partir de 22 de julho: aprovados no segundo lote recebem a terceira parcela; aprovados no terceiro e quarto lotes recebem a segunda; e novos aprovados vão receber o primeiro pagamento. Veja o calendário completo.

Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site do Auxílio Emergencial.

Calendário de saques da quarta parcela do Auxílio Emergencial para quem faz parte do Bolsa Família  — Foto: Economia/G1

Por volta das 6h, havia mais de 100 pessoas na fila na agência. O atendimento na agência começa às 8h.

“Eu tive que vir cedo para evitar aglomeração e para ser atendido logo”, disse uma mulher que contou ter chegado na fila por volta das 4h.

Na segunda-feira (20), quando a Caixa começou o pagamento da quarta parcela do auxílio para beneficiários do Bolsa Família com NIS final 1, imensas filas foram registradas na mesma agência, em Salvador e em uma agência na cidade de Camamu, no baixo sul da Bahia.

Em Camamu, o moradores se aglomeraram em frente à Caixa para conseguir atendimento, em plena pandemia do novo coronavírus.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Economia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Anatel recebe 6,6% a mais em reclamação, se comparado ao segundo semestre de 2019

As reclamações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no primeiro semestre de 20…