Home Bahia Mais de 800 mil baianos deixam de procurar emprego; estado lidera ranking nacional

Mais de 800 mil baianos deixam de procurar emprego; estado lidera ranking nacional

2 min read
0
0
208

Com um cenário nacional de crise, a manutenção e a busca de empregos se torna algo difícil atualmente. Uma pesquisa do IBGE, divulgada recentemente, mostra que o número de baianos que deixaram de ir atrás do sonhado emprego voltou a crescer, alcançando o índice mais alto do país. Ao todo, são 877 mil pessoas que “desistiram” de buscar uma vaga no mercado de trabalho.

O dado está inserido na Pesquisa Nacional por Amostragem de Domicílios (PNAD), divulgada na última quinta-feira (16). Ela apontou três principais motivos pelos quais as pessoas pararam de procurar trabalho: não conseguiram colocação; não tinham experiências; eram muito jovens e/ou idosos.

Segundo o levantamento, este índice cresceu nos últimos três meses, em comparação com o primeiro trimestre deste ano. No outro lado da balança, o número de pessoas desempregadas que ainda buscam por emprego na Bahia caiu 9,2%, do primeiro para o segundo trimestre. 16,5% é a porcentagem de baianos atrás de trabalho.

No recorte por município da pesquisa, o IBGE aponta que, em Salvador, o número de desocupados a procura de emprego subiu 17%. Este dado deixa a capital baiana em terceiro lugar entre as capitais do Brasil onde as pessoas estão atrás de uma oportunidade.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Além de chuva no feriado, Salvador tem previsão de ventos fortes nos próximos dias

A Marinha do Brasil mantém todos os avisos de mau tempo em vigor em seu site. Adicionalmen…