Home Brasil Madrasta alisa cabelo de menina e causa revolta nas redes sociais

Madrasta alisa cabelo de menina e causa revolta nas redes sociais

4 min read
0
0
321

Uma digital influencer de apenas 8 anos de idade teve seus cabelos alisados contra a sua vontade e sem permissão da mãe no último domingo (01/07), na cidade de Governador Valadares, em Minas Gerais. A madrasta da menina teria sido a autora do ato.

Em relato nas redes sociais, a mãe da criança, Fernanda Taysa, fez um desabafo. “Ontem me aconteceu um fato que eu jamais pensei que iria acontecer com a minha filha. (…) Na sexta ela foi pra casa do pai dela, com os cabelos lavados e penteados pra que ninguém tivesse o trabalho de encostar no cabelo dela pra pentear. Pois bem, ontem eu recebo um telefonema do pai me comunicando que a mulher dele cortou os cabelos da Bella sem a minha permissão e que foi só as pontinhas. Oi? Pontinhas? Ela cortou o cabelo dela mais da metade e alisou e quando ela molhar o cabelo vai encolher mais ainda”, diz trecho do relato.

Ainda de acordo com Fernanda, apesar do pai dizer que a menina gostou do novo look, a criança não para de chorar. A publicação viralizou nas redes sociais e internautas disparam críticas: “Como o pai permite que uma mulherzinha faça um absurdo desses com a própria filha???”, escreveu uma pessoa. “Meu Deus, esta mulher só pode ser louca!”, disse outra.

A atriz Samara Felippo, que tem duas filhas negras e com cabelos cacheados, também comentou o caso. “Ninguém tem o direito de violar a identidade negra de uma criança, seu cabelo é sua força, sua raiz, seu poder, é resistir a esse mundinho doente cheio de padrões de bosta. O que essa mulher e esse pai fizeram é de uma crueldade sem fim”, declarou.

Samara também comentou sobre o sucesso da pequena nas redes, que tem quase 100 mil seguidores, no perfil em que compartilha dicas sobre empoderamento negro na infância. “É nítido que ela ama o cabelo, é nítido que ela é empoderada e se ama do jeitinho que é. E ostenta isso com orgulho, e inspira muitas meninas negras, cacheadas. Isso é racismo. Isso é um crime. Isso é não dar escolha”, completou.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Salvador vai realizar mutirão de vacinação da 2ª dose da CoronaVac

Com a chegada de cerca de 25 mil novas doses da CoronaVac em Salvador, prevista para esta …