Home Bahia Líder do tráfico na Polêmica é morto a tiros no interior da Bahia

Líder do tráfico na Polêmica é morto a tiros no interior da Bahia

3 min read
0
0
159

Apontado pela polícia como líder do tráfico de drogas na localidade da Polêmica, no bairro de Brotas, em Salvador, Alex da Hora de Jesus, 27 anos, foi morto a tiros no Oeste da Bahia, na manhã deste domingo (22). O criminoso, também conhecido como ‘Argentino’, ‘Gringo’ ou ‘Totó’, era um dos integrantes da quadrilha que entrou em confronto com a polícia na zona rural do município de Serra Dourada.

Segundo informações, o criminoso morava atualmente no Rio de Janeiro, de onde comandava à distância o comércio de entorpecentes na Polêmica. O criminoso esteve na localidade há cerca de duas semanas, mas conseguiu fugir durante uma operação da Rondesp na área.

Alex da Hora morreu em uma megaoperação realizada por equipes da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Cerrado, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), das Rondas Especiais (Rondesp) Oeste e das 84ª (Barreiras) e 30ª (Santa Maria da Vitória) CIPM.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), ele integrava o grupo composto ainda pelo paraibano Samuel de Oliveira Aguiar, 30, o baiano Genilson Gomes de Jesus dos Anjos, 34, o paulista Washington Batista do Nascimento, 33, e outro criminoso ainda não identificado. Todos morreram após troca de tiros com as guarnições. Outros integrantes da quadrilha conseguiram fugir.

O bando explodiu agências bancárias em Serra Dourada, na semana passada.

CONTROLE DO TRÁFICO – Alex da Hora de Jesus chegou a ser autuado em flagrante em 2013, após matar com mais de 20 tiros um traficante rival conhecido como ‘Bração’, em janeiro daquele ano. À época, na 6ª Delegacia Territorial (DT/Brotas), ele confessou o crime e revelou que o objetivo era assumir o controle do tráfico na Polêmica, até então gerenciado por ‘Bração’.

Argentino também é acusado da morte do traficante Ramon Santos Filho, em 2012, nas imediações ao Iperba, em Brotas. Com ele foi apreendida na época uma pistola 380, além de 13 cartuchos de calibre 380, intactos, e celulares, que estavam escondidos em um imóvel.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Área de lazer é inaugurada na Vila Ruy Barbosa em Salvador

Uma nova área de lazer foi inaugurada no bairro de Vila Ruy Barbosa, na Cidade Baixa, na n…