Home Bahia Leo Prates destaca harmonia entre poderes na posse do presidente do TJ-BA

Leo Prates destaca harmonia entre poderes na posse do presidente do TJ-BA

4 min read
0
0
237

O presidente da Câmara Municipal de Salvador, vereador Leo Prates (DEM), destacou a importância da harmonia entre os poderes durante sua participação, na manhã desta quinta-feira (1º), na sessão solene de posse do novo presidente do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). A transmissão de cargo da desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago para o desembargador Gesivaldo Nascimento Britto, aconteceu no Salão Nobre do Fórum Ruy Barbosa.

Os vereadores Henrique Carballal (PV), Ana Rita Tavares (PMB) e Ricardo Almeida (PSC) estiveram presentes na solenidade. Integrante da mesa de trabalho, que contou também com a presença do governador Rui Costa e do prefeito ACM Neto, o presidente Leo Prates ressaltou a gestão da desembargadora Maria do Socorro.

“O Tribunal de Justiça tem um papel importante no estado democrático de direito e essa renovação é extremamente salutar. Está saindo uma grande presidente e esperamos que seu belíssimo trabalho seja mantido por seu substituto”, disse Prates.

Ainda na solenidade, o presidente do TJ-BA, desembargador Gesivaldo Britto, empossou os demais integrantes da Mesa Diretora para o biênio 2018-2020. O desembargador Augusto Lima Bispo assume a 1ª Vice-Presidência; a desembargadora Maria da Graça Osório Pimentel Leal, a 2ª Vice-Presidência; a desembargadora Lisbete Maria Teixeira Almeida Cézar Santos, a Corregedoria Geral da Justiça; e o desembargador Emílio Salomão Pinto Resedá, a Corregedoria das Comarcas do Interior.

“Estou ciente dos desafios. Vamos trabalhar para colocar a corte baiana no lugar que merece”, disse o presidente do TJ, Gesivaldo Britto.

 

Perfil

 

Natural de Salvador, Gesivaldo Nascimento Britto graduou-se em Direito, em 1978, pela Universidade Católica do Salvador. Em 1980 foi aprovado no concurso público para o cargo de promotor de Justiça do Ministério Público do Estado da Bahia, passando a atuar nas comarcas de Palmeiras, Lençóis, Seabra e Andaraí. Ingressou na magistratura dois anos depois.

Em 1990, já em Salvador, atuou no Juizado de Pequenas Causas da Liberdade, na 2ª Vara de Fazenda Pública. Em 2008 foi promovido ao cargo de desembargador pelo critério de antiguidade, quando foi designado para a 2ª Câmara Cível. Na gestão 2016-2018, ocupou a presidência da Comissão Permanente de Segurança do TJ-BA.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Bahia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Pai de Ludmilla relata dificuldades financeiras, mãe da cantora rebate ex

A mãe da cantora Ludmilla, Silvana Oliveira rebateu, nesta quinta (4), as declarações de L…