Home Notícias João Doria garante contratar “melhores advogados” para PMs que matarem bandidos em SP

João Doria garante contratar “melhores advogados” para PMs que matarem bandidos em SP

4 min read
0
0
167

O governador eleito do estado de São Paulo, João Doria (PSDB) afirmou, durante entrevista na noite deste domingo (28), que irá contratar os melhores advogados disponíveis para defender policiais que matarem suspeitos de crimes e forem denunciados.

A proposta do governador é que a estimativa do ano passado seja mantida. Em 2017, o estado registrou o menor número de policias, de folga e em serviço, mortos desde 2001. Em contrapartida, foi o período que PMs mais cometeram homicídios em São Paulo.

A informação foi divulgada em um vídeo, por volta das 22h40, em que o deputado estadual Coronel Telhada (PP) pede que o governador eleito diga uma “palavra” de apoio aos policiais que atuam no estado.

“Vamos acrescentar assistência jurídica. Me constrange saber que um policial militar, independentemente da sua graduação, está defendendo a população na rua, mata um bandido, tem uma situação qualquer que ele se defendeu e defendeu a população, e ele, depois, num processo, ainda tem que pagar o advogado para lhe defender”, iniciou o discurso o governador eleito.

“Não. Nós vamos colocar, e não é advogado de OAB de graça. Não tenho nada contra a OAB, nem advogado que advoga, estagiário, pós-estagiário. Será advogado pago pelo estado. Os melhores. Porque nós temos que defender o direito dos policiais que defendem as nossas vidas de terem assistência jurídica correta”, complementou Doria.

“É dentro desse patamar que vamos fazer a nossa gestão para a Polícia Militar. Ao lado de vocês. E este homem que está aqui [Telhada] vai nos ajudar”, finalizou o governador eleito, que fez da segurança pública uma de suas bandeiras na eleição para o governo.

A campanha de João Doria se aproximou do discurso de Jair Bolsonaro e do ex-prefeito Paulo Maluf. A frase emblemática “polícia na rua” e “bandido na cadeia” está relacionada a Maluf (PP), que costumava dizer: “Rota na rua”.  Para a gestão da segurança, a principal proposta é austeridade, ou seja, o governador do PSDB pretende agir com rigor e severidade, assim como declara o presidente do PSL.

Durante a campanha, Doria foi enfático em dizer que os policiais deveriam “atirar para matar”, mas a declaração foi criticada pelo ouvidor da Polícia Militar, Benedito Mariano, que afirmou não ser a orientação transmitida aos agentes da Corporação.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Jovem é morto a tiros no bairro do Engenho Velho de Brotas

Um jovem de 20 anos foi morto a tiros na noite desta terça-feira, 20, na rua Almirante Alv…