Home Notícias Houve uma redução e 75% de ocupação em UTI na capital baiana. Agora a expectativa é a reabertura !

Houve uma redução e 75% de ocupação em UTI na capital baiana. Agora a expectativa é a reabertura !

6 min read
0
0
21

O prefeito ACM Neto comentou a chegada ao patamar de 75% de ocupação dos leitos de UTI para covid-19 em Salvador, número que permite, caso seja mantido ou reduzido nos próximos cinco dias, o início da primeira fase de retomada das atividades econômicas na cidade.

“A taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com Covid-19 caiu para 75% em Salvador na noite deste domingo (19), percentual que projeta a abertura da primeira fase da retomada das atividades econômicas”, afirmou o prefeito da capital em sua página no Twitter, pouco antes das 20h, minutos após a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) confirmar a chegada ao novo patamar.

“Esse resultado é consequência direta do enorme esforço feito pela Prefeitura na construção de hospitais de campanha, contratação de profissionais e de novos leitos na rede privada e, principalmente, por colocarmos a vida das pessoas sempre em primeiro lugar”, completou ele na postagem.

Segundo os dados do sistema de Acompanhamento de Leitos COVID-19 Bahia, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), Salvador possui 1.354 leitos ativos para tratamento da doença e 948 pacientes internados. Isso significa que a taxa de ocupação geral é de 70%.

Com relação aos leitos de UTI adulto, ele tem exatamente 75% de ocupação. Já os leitos de UTI pediátrica têm 74% de ocupação, o que dá uma média (adulto e pediátrico) de 66%.

Reprodução/Portal Sesab

O secretário municipal de Saúde, Leo Prates, também usou as redes sociais para comentar o avanço. “Trabalho conjunto da Prefeitura e Governo faz a taxa de ocupação de leitos de UTI cair para 75%. Preservando vidas, iniciamos a contagem regressiva para a abertura da 1 fase do comércio”, disse Prates, agradecendo a parceria com o titular da Sesab, Fábio Vilas-Boas.

Procolos da retomada
De acordo com o que prevê o plano de retomada das atividades de Salvador, anunciado em coletiva na última terça-feira (7), a primeira de três fases de reabertura inclui a reabertura de shoppings, templos e igrejas, comércios de mais de 200 m² e drive-ins.

Cada atividade terá restrições próprias, conforme prevê o protocolo elaborado por equipes dos governos municipal e estadual.

Os shoppings devem funcionar de segunda a sábado, das 12h às 20h, presencial e com drive-thru. Alimentação terá somente delivery e retirada, ou seja, não vai ter praça de alimentação.

Há determinação para a capacidade – as áreas comuns devem ter uma pessoa a cada 9 metros quadrados. Lojas devem ter uma pessoa a cada 5 metros quadrados.

Templos e igrejas terão funcionamento de segunda a sábado, das 10h às 20h. Domingo não haverá restrição de horário. A capacidade deve ser de 20% do espaço ou 50 pessoas – o que for maior. Será preciso também usar máscaras e manter afastamentos.

Nesta primeira fase, permanecem proibidas atividades em escolas e a realização de aulas e reuniões, além de espaços para crianças.

A segunda fase de reabertura só deve começar quando a taxa de ocupação de UTI adulto chegar a menos que 70% e a terceira fase quando for menor que 60%. Sempre deve-se manter essa taxa por cinco dias para que a fase tenha início.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Anatel recebe 6,6% a mais em reclamação, se comparado ao segundo semestre de 2019

As reclamações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no primeiro semestre de 20…