Home Destaques do Dia Em nota aos taxistas, prefeitura diz que “está impossibilitada” de punir Uber

Em nota aos taxistas, prefeitura diz que “está impossibilitada” de punir Uber

2 min read
0
0
185

A prefeitura municipal de Salvador divulgou nesta quinta-feira, 7, uma nota em resposta às reivindicações feitas pelos taxistas durante protestos contra o uso do aplicativo de transporte Uber. A categoria realizou duas manifestações na capital baiana, uma no Rio Vermelho e outra em frente à sede da prefeitura.

De acordo com o comunicado, a Secretaria Municipal de Mobilidade (Semob) se encontra impossibilitada de fiscalizar a atuação do aplicativo Uber na cidade devido à decisão do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA), que em junho de 2017 considerou inconstitucional a lei que classificava o transporte como clandestino. A medida foi aprovada pela Câmara de Vereadores.

Segundo o órgão, antes da revogação da lei, o monitoramento do aplicativo acontecia com frequência. “Diante dessa decisão da Justiça, estamos impedidos de fazer essa fiscalização e trabalhamos para que haja a regulamentação, conforme a nova legislação federal que autorizou os municípios a regularizarem esse tipo de transporte via aplicativo”, explica o titular da Semob, Fábio Mota.

Está prevista para próxima semana uma reunião com taxistas e motoristas da Uber a fim de negociar uma possível regulamentação da categoria. “A Semob pede a compreensão dos taxistas, uma vez que a regulamentação está determinada na nova legislação federal”, finaliza o texto.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Destaques do Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Tiroteio deixa um morto em quiosque no bairro do Imbuí

Frequentadores dos quiosques no bairro do Imbuí, em Salvador, ficaram assustados com um ti…