Home Notícias É possível alugar um imóvel em Salvador com o nome sujo?

É possível alugar um imóvel em Salvador com o nome sujo?

9 min read
0
0
39

Ter um nome sujo pode trazer muito impacto financeiro e dificuldades, principalmente ao procurar casas para alugar em Salvador, pois existem muitas burocracias relacionadas aos documentos que devem ser apresentados, e uma série de requisitos devem ser atendidos na hora de fechar negócio. No entanto, o fato é que embora ter o nome sujo ao alugar um imóvel possa ser mais trabalhoso e demorado, desde que cumpra todas as condições predeterminadas, as restrições não o impedirão de alugá-lo.

Quais são as condições para alugar um imóvel com nome sujo?

Mesmo que seu nome esteja sujo, algumas etapas devem ser avaliadas para que você possa alugar o imóvel. Vale lembrar, que essa avaliação nem sempre é fácil e certeira, pois isso será o suficiente para solucionar o seu problema e você possa alugar um imóvel sem restrições futuras. Sendo assim, caso não seja aprovada a locação mediante a uma imobiliária, você pode recorrer diretamente ao proprietário ou até mesmo a seguros para obter ajuda, com uma certa quantia como garantia, ou mesmo garantias ativas (como carros ou motos) que você possui, garantindo que a parte que está cedendo o imóvel para locação não sofra qualquer perda ao fim do contrato.

 

Transparecendo credibilidade

Por se tratar de uma negociação, o locatário deve se comprometer com a imobiliária pelas finanças. Uma maneira é encontrar uma instituição de crédito imobiliário e propor uma negociação. Os credores normalmente são muito flexíveis em relação a esta situação e dispensaram o pagamento de multas e juros. Se a sua situação for aprovada pelos mesmos, esta é uma ótima oportunidade de provar para a imobiliária que você pode arcar com o aluguel do imóvel. Além disso, lembre-se de encontrar um imóvel para alugar que se adapte à sua renda mensal, por exemplo, kitnet para alugar em Salvador, são mais acessíveis financeiramente. O corretor ou a imobiliária responsável pode intervir se perceber que o imóvel que você optou ultrapassa mais de 30% do seu orçamento mensal e pode, sim, recusar-se a alugar a propriedade para você. Então busque sempre um imóvel que esteja dentro da sua realidade financeira e das suas necessidades.

 

Busque um fiador

Vale ressaltar que para se tornar fiador, o indivíduo deve possuir um imóvel próprio em seu nome. Este bem também deve ser pago e a pessoa deve possuir uma  renda suficiente, ou seja, o valor do aluguel não pode exceder 30% da renda mensal. Se o locatário não puder pagar o aluguel em dia devido a alguma circunstância, é o fiador que irá responder judicialmente e pagar as dívidas contraídas pelo inquilino. Com isso em mente, o fiador deve assumir a responsabilidade ao alugar um imóvel neste caso. Sendo assim, você como inquilino pode evitar futuras dores de cabeça e evitar prejudicar uma pessoa que o está ajudando nessa situação. Busque sempre fazer os pagamentos em dia e manter uma relação boa com o seu fiador e também com a imobiliária ou proprietário do imóvel.

Faça um depósito caução

Se você não quiser contar com um fiador específico ou não obter um fiador, ainda poderá optar pelo seguro-caução. Sua função é garantir que o proprietário do imóvel não tenha problemas quando o inquilino atrasa ou não paga o aluguel. Agora, você pode se perguntar: “Como é feito todo esse processo?” Na maioria dos casos, esse pagamento é efetuado em depósito ou cheque. O valor geralmente fica entre três meses e seis meses de aluguel. Após a rescisão do contrato, este valor é devolvido ao locatário.

Opte por locar diretamente com o proprietário

Para obter o aluguel mesmo com um “nome sujo”, outro processo que pode ser realizado é alugar o imóvel diretamente com o proprietário. Isso porque, na maioria dos casos, os requisitos são menores e geralmente não há verificação no SPC ou Serasa. No entanto, apesar dessa conveniência, é importante ressaltar que esse processo também tem suas desvantagens. Isso inclui a maior probabilidade de manter um bom relacionamento com o proprietário do imóvel, por exemplo, em casos de reajustes de aluguel ou melhorias no imóvel. Você deve ter notado que é possível alugar imóveis com nomes sujos, mas isso é mais burocrático. Quitar as  dívidas rapidamente nem sempre é acessível, mas se puder, não adie e limpe seu nome o mais rápido possível. Para assim evitar preocupações futuras e eliminar obstáculos que podem interferir na locação do imóvel que você tanto deseja.

Portanto, sim, é possível alugar um imóvel com o nome sujo, desde que o inquilino  se responsabilize em arcar com todas as despesas relacionadas ao imóvel, como o valor do aluguel e contas de luz e água.

Gostou deste artigo? Compartilhe em suas redes sociais para que mais pessoas saibam que é possível alugar um imóvel com o nome sujo!

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Taxista e passageiro são mortos a tiros no bairro da Calçada

Um taxista e um passageiro foram mortos a tiros na noite da quarta-feira (21) na Calçada. …