Home Notícias Contagem regressiva para zerar presos nas carceragens da RMS

Contagem regressiva para zerar presos nas carceragens da RMS

2 min read
0
0
199

A ausência de presos em carceragens nas unidades da Polícia Civil na capital baiana está perto de se repetir também nas delegacias espalhadas pelos 12 municípios que integram a Região Metropolitana de Salvador (RMS). Entre 2014 e janeiro deste ano, o número de custodiados saiu de 314 para 54 criminosos, representando uma diminuição de 83%.

Nas 17 delegacias, os presos em flagrante ficam na unidade até a realização da audiência de custódia, promovida pela Justiça. Quando acontece a conversão para preventiva, a Secretaria de Administração Prisional e Ressocialização (Seap) é acionada e disponibiliza a vaga.

Imagem: Alberto Maraux

“Temos uma grande parceria com toda a equipe que faz a gestão das penitenciárias. As novas vagas, criadas após as últimas inaugurações de presídios, vão permitir atender um pleito antigo dos policiais civis”, ressaltou a diretora do Departamento de Polícia Metropolitana (Depom), Fernanda Porfírio.

A delegada acrescentou que a eficiência das forças de segurança estaduais as vezes joga contra. “São inúmeros flagrantes e em muitos casos precisamos que o criminoso seja ouvido mais de uma vez, reconhecido pela vítima, entre outros procedimentos que exigem a permanência dele alguns dias na Delegacia. O importante é que a diminuição dos custodiados libera o efetivo para uma dedicação ainda maior às ações investigativas”, concluiu.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Taxista e passageiro são mortos a tiros no bairro da Calçada

Um taxista e um passageiro foram mortos a tiros na noite da quarta-feira (21) na Calçada. …