Home Notícias Comunidade de terreiro diz que jovem encontrada nas dunas do Abaeté foi estuprada

Comunidade de terreiro diz que jovem encontrada nas dunas do Abaeté foi estuprada

3 min read
0
0
22

Um crime brutal que teve como alvo a jovem Dara dos Santos Cavalcante, 23 anos, chocou a comunidade de Nova Brasília de Itapuã, em Salvador, no último dia 31 de dezembro. O corpo foi encontrado enterrado nas dunas de Abaeté por populares.

Dara fazia parte do terreiro Axé Abassá de Ogum, que por meio de nota lamentou profundamente o ocorrido. “A jovem foi sequestrada, violentada e assassinada nas dunas do Abaeté, lugar que é sagrado para o Abassá. Dara, conhecida desde a infância pela Yalorixá Jaciara Ribeiro, retornava de sua jornada de trabalho quando foi surpreendida e levada ao local onde foi morta. Este ato monstruoso representa também a morte violenta de milhares de mulheres negras em nosso país. O que acarreta uma postura firme do Abassá de Ogum”, diz trecho da nota da comunidade do terreiro.

“Nós ressaltamos a importância da ação do Estado na garantia de segurança pública, bem como na manutenção e uso das leis que vigoram este país para que outros crimes como este não se repitam, onde jovens tenham suas vidas arrancadas brutalmente. A morte não pode ser mais um número na estatística do feminicídio que só cresce. Assim, o Axé Abassá de Ogum em nome da Yalorixá Jaciara Ribeiro expressa todo apoio e solidariedade aos familiares e à população da comunidade de Itapuã. Reiteramos o nosso repúdio a todas as formas de violência contra as mulheres e apoiamos a mobilização da sociedade por justiça manifestada em todo o país”, encerra.

Segundo relatado pela família, Dara vestia uma calça legging que teria sido parcialmente removida, entretanto, inicialmente, a Polícia Civil não constatou indícios de violência sexual. Segundo a polícia, já existe indicativo de autoria. O caso é investigado pela 1ª Delegacia de Homicídios (DH/Atlântico).

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Pescadores e marisqueiras enfrentam queda nas vendas

Cem toneladas de petróleo cru já foram removidas de 15 praias de Salvador desde o último d…