Home Brasil Brasil é o país com mais mortes de defensores de direitos humanos e ambientais

Brasil é o país com mais mortes de defensores de direitos humanos e ambientais

1 min read
0
0
184

Brasil é o país que contabilizou o maior número de assassinatos de defensores de direitos humanos e socioambientais em 2017, de acordo com Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo. Os dados são do relatório anual da Global Witness, organização internacional fundada em 1993, que será lançado nesta terça (24). Segundo o levantamento, 207 ativistas foram mortos em cerca de 22 países.

Segundo a colunista, no Brasil foram contabilizados 57 assassinatos. Nas Filipinas, segunda colocada, foram registradas as mortes de 48 pessoas, o maior número já documentado em um país asiático. O México e o Peru tiveram um aumento nos assassinatos com relação a 2017: de três para 15 e de dois para oito, respectivamente.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Sem procissão marítima, imagem do Bom Jesus dos Navegantes será conduzida em caminhada

Adiada em função da pandemia do novo corona vírus, a tradicional procissão marítima em hom…