Home Notícias Apesar de ocupação na Rede Bahia, entrada de funcionários não foi prejudicada

Apesar de ocupação na Rede Bahia, entrada de funcionários não foi prejudicada

1 min read
0
0
217

A ocupação da sede da Rede Bahia por integrantes do Movimento dos Sem Teto (MST) na manhã desta terça-feira (17) não tem prazo determinado para terminar. Segundo o dirigente do movimento, Evanildo Costa, o motivo do protesto é o “golpe midiático-parlamentar e jurídico” contra Dilma e o ex-presidente Lula.

No bairro da Federação, e constatou que o bloqueio não impede a entrada dos funcionários da emissora.

O ato é acompanhado pela 41ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e por agentes da Transalvador. Os manifestantes fazem discursos dentro do pátio da emissora, onde a imprensa externa não teve acesso.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por projetus
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Já foram detidas 63 pessoas por descumprimento do toque de recolher

Desde a última sexta-feira, 19, quando foi iniciado o toque de recolher na Bahia, 63 pesso…