Home Notícias Anvisa libera testes de mais duas vacinas contra covid no Brasil

Anvisa libera testes de mais duas vacinas contra covid no Brasil

3 min read
0
0
23

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta terça-feira (21) a condução de ensaios clínicos de mais duas vacinas candidatas contra o coronavírus  (Covid-19) no Brasil. As fórmulas contempladas são desenvolvidas pela farmacêutica americana Pfizer e a empresa de biotecnologia alemã Biontech.

O Brasil terá, portanto, quatro vacinas candidatas sendo testadas em solo nacional. A primeira a ser autorizada é desenvolvida pela farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, do Reino Unido. A fórmula está sendo testada no Brasil em parceria com a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e o Instituto D’Or, no Rio.

Já a segunda, do laboratório chinês Sinovac Biotech, é testada em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

Além disso, uma das vacinas, a BNT162b1, se mostrou segura e induziu respostas imunes em voluntários testados na Alemanha, segundo um artigo publicado na última segunda-feira (20).

Artigo

O artigo que detalhou a primeira fase do ensaio clínico da Pfizer e da Biontech foi submetido ao site científico medRxiv sem a análise de especialistas independentes.

Ainda assim, reforçou as expectativas por um imunizante eficaz contra o coronavírus Sars-CoV-2 depois que AstraZeneca e Oxford anunciaram que sua vacina candidata, tida como a mais avançada do mundo pela Organização Mundial da Saúde (OMS), também obteve resultados promissores na primeira etapa de testes clínicos humanos, no Reino Unido.

As informações são do O Globo.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Anatel recebe 6,6% a mais em reclamação, se comparado ao segundo semestre de 2019

As reclamações da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no primeiro semestre de 20…