Home Destaques do Dia A Mulherada Afro homenageia Mãe Stella de Oxóssi

A Mulherada Afro homenageia Mãe Stella de Oxóssi

3 min read
0
0
170

A terra é do Carnaval, mas também é de Todos-os-Santos. E não seria no auge da profanidade que os santos da terra deixariam de ter lugar. Nesta quinta-feira, 20, na abertura oficial da folia no Circuito Osmar (Campo Grande), os orixás pediram licença ao profano para homenagear a ialorixá e escritora Mãe Stella de Oxóssi. Para onde quer que se olhasse, lá estavam eles. Lindos! Oxóssi, Oxum, Iansã, Iemanjá e, como não poderia deixar de ser, Exu. A homenagem à ialorixá e a magia do panteão afro-brasileiro foram levados para a avenida pelo bloco afro A Mulherada.

“Essa perda irreparável que foi a morte de Mãe Stella não é só por ela ter sido uma grande ialorixá, mas também pela grande escritora que ela foi. E em referência a isso, nós trazemos o poeta Denisson Palumbo representando Castro Alves. Mãe Stella ocupou a cadeira de número 33 que foi de Castro Alves”, afirma Jedjane Mirtes, diretora artística do bloco.

À frente do bloco, abrindo os caminhos para o panteão passar, uma filha de Iemanjá Ogunté, Maria Lúcia da Silva, 71 anos, representava Mãe Stella, e um filho de Exu, Preto Brasa, simbolizava o Oxóssi da mãe de santo. Ao lado deles, o poeta Denisson Palumbo representava outro imortal: Castro Alves.

“Oh! Para mim, é uma honra representar Mãe Stella porque ela foi um divisor de águas na questão da ancestralidade”, afirma Maria Lúcia. “Mais do que Castro Alves, estou representando as letras e esse lugar que Mãe Stella ocupou como produtora de conhecimento”, diz o poeta Palumbo.

Uma versão de Brasileirinho acompanhada pela percussão vibrante da banda do afro regia o ritmo da concentração. E nada mais brasileiro que a mistura. Nada mais brasileiro que essa mistura em que sagrado e profano caminham lado a lado.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Destaques do Dia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Entre os dias 8 e 17 de janeiro, os soteropolitanos vão celebrar uma das maiores festas re…