Home Notícias A construção da nova rodoviária já teve o contrato assinado por Rui !

A construção da nova rodoviária já teve o contrato assinado por Rui !

6 min read
0
0
245

O contrato para a construção da nova rodoviária de Salvador e exploração do atual terminal foi assinado na tarde desta terça-feira (3), pelo governador Rui Costa e representantes do Consórcio Terminal Rodoviário de Salvador. A cerimônia ocorreu no Salão de Atos da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. A licitação para construção foi vencida pelo consórcio formado pelas empresas Sinart e AJJ Participações.

A proposta foi pensada em 2009, sendo viabilizada dez anos depois. Outros assuntos relacionado a Ponte Salvador-Itaparica, VLT, implantação do metrô em outras áreas e o aeroporto de Porto Seguro também foram discutidos.

O governador ressaltou a importância de incentivar o desenvolvimento da região em torno de Águas Claras, viabilizando empreendimentos como supermercados, torres de edifícios e serviços.

“O que nós pretendemos para aquela região é um novo vetor de desenvolvimento e associado à nova rodoviária que empreendimentos sejam implantados, sejam de supermercados, torres de edifícios, de serviços… Como no passado foi a região do Iguatemi, que teve um forte impacto a partir de ser um ponto logístico da cidade no passado, que hoje com esse empreendimento abrimos um novo vetor de desenvolvimento da cidade e de geração de empregos”, relata Rui.

Durante a coletiva, Marcus Cavalcanti, Secretário da Infra-estrutura, ressalta a importância de transferir a rodoviária para as margens da BR-324 a fim de transformar a região em uma grande estação de transbordo entre os diversos modais de transportes relacionados aos ônibus e aos trens (metrô), além de folgar a região do Iguatemi.

“Um ônibus que passa pela região (Iguatemi) demora quase 1h da BR-324 para chegar a rodoviária. A nova rodoviária será maior que a atual. Nós teremos uma estação rodoviária ligada ao metrô, com uma estação vizinha com uma passarela, junto também da Avenida 29 de Março onde será implantado, faturamento com a conclusão da avenida um BRT. Será um terminal construído dentro das normas mais modernas relacionadas a preservação do meio ambiente”, declara Marcus.

O novo projeto tem 30 meses para ser entregue. A antiga rodoviária será desativada. Questionado sobre o terreno do antigo terminal, Marcos Cavancalti relata que o local será usado para novas Parcerias Público Privadas (PPP). Sendo utilizado como estrutura de garantia para as concessões.

Além da rodoviária, Walter Pinheiro, Secretário Do Planejamento (Seplan), falou sobre a construção de novas estações de metrô em áreas mais centrais da cidade, facilitando a locomoção de pessoas que moram em áreas mais afastadas até essas regiões e sobre o VLT.

“O projeto final do metrô é até a Barra. É uma das regiões de maior empregabilidade da cidade. Talvez com o VLT, o governador ta discutindo ainda se vai até Camaçari. Com isso vamos integrar a região metropolitana, resolver o problema no centro da cidade e criar outra sinergia no modal de transporte integrada ao metrô, com boa oferta e fazendo a expansão das áreas de desenvolvimento na capital.”, informa Walter.

Na próxima segunda-feira (9) serão captadas as assinaturas para as obras do metrô. Com as três construções (metrô, rodoviária e VLT) a previsão é que sejam gerados mais de 10 mil empregos.

Carregar Mais Artigos Relacionados
Carregar Mais Por Pedro Silveira Leite
Carregar mais em Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Vejam também

Entre os dias 8 e 17 de janeiro, os soteropolitanos vão celebrar uma das maiores festas re…